segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Uma sonata de amor

Este é o terceiro romance de Santa Montefiore, que comecei hoje a ler...

Mais uma história de amor. Arrebatadora, misteriosa, embalada pela memória de uma sonata composta por um homem apaixonado. Das quentes paisagens da Argentina à frescura da Inglaterra rural, Santa Montefiore escreve um notável romance de perda e reconquista. Audrey, a protagonista, guarda em si a melodia que Louis compôs especialmente para ela, mas é com o seu heróico irmão, Cecil, que é forçada a casar. Esconde contudo, sempre, em si, aquela melodia de amor... Poderá um dia ser feliz? Poderá ainda alterar a sua vida?




Louis é o mais recatado dos irmãos. A sua discrição contrasta com a exuberância do irmão, Cecil, acabado de chegar da guerra. É contudo Louis que encanta a jovem Audrey. Ela cresceu na conservadora comunidade anglo-argentina de Hurlingham, e é em segredo que se encontra com Louis. De poucas palavras ele declara-se compondo-lhe uma sonata de amor... A súbita tragédia que se abate sobre a família de Audrey obriga-a a casar com Cecil e não com Louis, o romântico misterioso que sempre amará...Intensa e envolvente, a escritora inglesa, de origem argentina, Santa Montefiore, leva-nos neste romance da inocência à perda, do arrebatamento à maturidade dos dias, do amor à tristeza. Audrey nunca esqueceu a sonata que um dia Louis lhe dedicou. Essa música faz na verdade parte dela. Poderá algum dia voltar a amar assim? Uma brilhante saga a recuperar o prazer de ler uma intemporal história de amor.

1 comentário:

Joana disse...

Olá!!
Fazes bem em aproveitar o tempo para ler. Estou a acabar um que é bastante interessante "Quem mexeu no meu queijo". É um bom livro para se ler quando estamos prestes a voltar à nossa rotina. Faz-nos perceber que cada um de nós tem que lutar pelo seu queijo, tal como se fôssemos ratinhos...