quarta-feira, 22 de abril de 2015

Abraços


Na simplicidade dos dias escolho apenas ser feliz.
Ser feliz contigo. Sempre.
Escolho ser eu, ser tu, ser nós.
Escolho ser família.
E nos dias menos simples, há Deus.
Que tudo ilumina e guia.
Há a fé. Há o amor.
Para viver a vida, escolho os abraços.
Abraços apertados, que envolvem e serenam.
Abraços largos, onde cabemos todos.
Abraços longos, onde cabem os nossos sonhos.
Contigo, abracei a vida.
Abracei o amor, abracei a família.
A nossa família.
Contigo, abraço cada dia.
Abraço também os teus sonhos, os teus projectos.
E é isso que faz de nós um só.
Que todos os sonhos do mundo caibam nos nossos abraços.



1 comentário:

Paula Santos disse...

Grandes verdades...
Bom fim de semana!